LOYAL CLIENTS, HAPPY DESIGNERS.


If there’s something that can be proud is the the kind of customers I have. As a designer, it’s not enough (for me) deliver a well done job. It’s important that the customer back, it’s important that they recommend me. They should have a good impression about my work knowing that can count on me even after we close a project.

I’m proud to work with brands that have been following my career as a freelancer. There are several brands that I have seen grow but that essentially have seen me growing. Type, one of the brands who I work for about three years and with whom I have created delightful exclusive collections; that made me know, more deeply, the fashion’s world.

Marta’s Cake, my first client and who I have been working for over three years and that makes me sigh every day for a slice of cake … or more of those!

Tribe, a brand that I saw born and who needs my work for all the graphic design and the printing process; that makes me enjoy eating acai, something that I could eat every day. And so many others...

Dealing with customers is not always easy. I can’t lie about that. In fact, all that is dealing directly with the customer, in my opinion, it’s never easy. We have to know how to answer in the best way and essentially have to know how to listen them. It’s important to hear a “no” or a “I don’t like it” and realize that it doesn’t discourage us can, striving to present something better. We must listen because sometimes everything doesn’t always run in the best way.

But in the end of the day, which makes me really happy is going to sleep knowing that in the next day I will have the best clients who follow me, accompanying me and want a brand created by me.

Thanks to you who follow me. Thank you to those who disclose my work, who recommended me, who praises me. Thanks to new customers, who have trusted. This is so good.

// PT //

Se há coisa da qual me orgulho é do tipo de clientes que tenho. Como designer, não basta (para mim) entregar um trabalho bem feito. É preciso que o cliente volte, que me recomende. É preciso que o cliente fique com boa impressão minha, que saiba que pode contar comigo mesmo depois de fecharmos um projeto.

Orgulho-me de trabalhar com marcas que têm acompanhado o o meu percurso como freelancer. São várias as marcas que tenho visto crescer mas que, essencialmente, me têm visto crescer.

A Type, com quem trabalho há cerca de 3 anos e com quem tenho criado colecções exclusivas encantadoras; que me fez conhecer, de forma mais profunda, o mundo da moda.

O Bolo da Marta, fiel companheira e que foi a minha primeira cliente na JLDesign; com quem trabalho há mais de 3 anos e que me faz suspirar todos os dias por uma fatia de bolo daquelas… ou várias!

A Tribe, marca que vi nascer e da qual faço parte em todo o processo gráfico; que me faz gostar de comer Açaí, coisa que era capaz de comer todos os dias. Entre outros clientes…

Lidar com clientes não é coisa fácil. Não vou mentir. Aliás, tudo o que seja lidar diretamente com o cliente, na minha opinião, não é fácil. Temos que saber responder da melhor forma e, essencialmente, temos que saber ouvir. É importante saber ouvir um “não” ou um “não gosto” e perceber que isso não nos pode desmotivar, lutando por apresentar algo melhor ainda. É preciso ouvir reclamar, porque nem sempre tudo corre às mil maravilhas.

Mas, ao fim do dia, o que me faz mesmo feliz é adormecer e saber que no dia seguinte vou ter clientes que me seguem, que me acompanham e que fazem questão que a sua marca seja trabalhada por mim.

Obrigada a vocês, que me acompanham. Obrigada a quem divulga o meu trabalho, a quem me recomenda, a quem me elogia. Obrigada aos novos clientes, que confiaram. É tão bom.

< Back to blog

#calledtobecreativemombossgraphicdesignerfem #calledtobecreative

3 visualizações
COPYRIGHT BY JL&COMPANY 2020