JL Tales - Entrevista com Mafalda Camarate de Campos


A saúde é algo que deve estar presente nas nossas vidas, nomeadamente no que diz respeitos à alimentação. Mas nem só de alimentação vive o nosso bem-estar. Falei com a Mafalda que me contou um bocadinho do seu percurso profissional a fim de poder inspirar-te a ti que estás desse lado. Falamos de sonhos, de conquistas e de ambições.

Segue-a no Instagram para começares já a inspirar-te no seu percurso.

1. Completa a frase: “A Mafalda é…”

A Mafalda Camarate de Campos é a cara por detrás do projeto Avocado & Soul. É Coach de Saúde Holística e a sua maior realização e alegria é sentir que com o seu trabalho consegue ajudar e inspirar as pessoas a terem vidas mais saudáveis, equilibradas e felizes.

2. Como é um dia típico de trabalho?

Um dia típico de trabalho começa por acordar cedo, às 6h00, e, antes de todos acordarem, ter uma hora só para mim onde faço Meditação, Exercício e Journaling. Depois de me ter dedicado a mim, neste meu momento My Time, tenho tempo e maior disponibilidade para me dedicar aos outros assim, vou acordar as crianças e o meu marido e tomamos o pequeno almoço todos juntos em família. Levo-os à escola e às 9h estou a trabalhar. Há dias que dedico a produção de conteúdos para as consultas, para o digital ou para programas que estou a desenvolver. Outros foco no atendimento e dedico-me às consultas e a receber clientes. Tento incorporar no meu dia alguma leitura de trabalho, ouvir pod-casts ou ver uma ted-talk que me inspire e, um segundo intervalo de exercício (Yoga ou Padel).

3. Completa a frase: “Eu não vivo sem…”

Eu não vivo sem a minha família, é o mais importante para mim.

4. Que pontos chave na tua vida te levaram a exercer a tua profissão hoje?

Os pontos-chave que me levaram a exercer esta profissão foram a crise dos 40 que me fez repensar a minha vida e o que queria fazer com ela a partir daí; o ter começado a focar-me em mim e na minha saúde e bem estar; a vontade de me querer colocar ao serviço do outro e tentar perceber de que modo o poderia fazer. Estes 3 pontos juntos levaram-me a ir tirar o curso de Health Coach no Institute for Integrative Nutrition em Nova Iorque.

5. Qual é a tua missão? / Como enriqueces o mundo? / Para quem é a Mafalda Camarate?

A minha missão é inspirar as pessoas a quererem ser mais saudáveis e felizes e ajudá-las, refletindo sobre as várias áreas da sua vida e, respeitando a sua bio-individualidade, ajudando-as a encontrar o equilíbrio nessas diferentes áreas (pessoal, física, espiritual, carreira, …), através de uma alimentação e de estilos de vida saudáveis. Enriqueço o mundo através do exemplo, da motivação e da partilha de conhecimentos: família, amigos, clientes. A Avocado & Soul é para todos aqueles que, estando descontentes com o seu estilo de vida, pretendem mudar no sentido de uma maior felicidade, saúde e equilíbrio.

6. Partilha uma curiosidade sobre o teu produto/serviço. / Qual a informação mais importante que gostarias de partilhar sobre o teu produto/serviço?

Na Avocado & Soul partilho informação sobre alimentação e estilos de vida saudáveis procurando motivar os clientes a fazerem pequenas mudanças todos os dias que durem no tempo e que, a longo prazo, permitam aos clientes atingirem os seus objetivos. Utilizo não só os conhecimentos do curso mas também outras ferramentas que me ajudam a conhecer melhor cada cliente individualmente para criar programas únicos para cada pessoa única. Ferramenta Points of You (um jogo de desenvolvimento pessoal que estimula a criatividade e nos faz ir mais fundo, ao nosso interior), astrologia, mindfulness, testes de personalidade, …

7. Quais são os maiores desafios do teu trabalho?

Os maiores desafios? Conseguir chegar a um maior número de pessoas e motivá-las a fazer mudanças efetivas. Este trabalho depende maioritariamente do que a pessoa está disposta a mudar no seu dia-a-dia, fora das consultas. Também os horários já que muitas pessoas só podem ter as consultas em horário pós-laboral e eu não pretendo abdicar do tempo em família ao fim do dia com os meus filhos, bem como os eventos (workshops e retiros) que são maioritariamente aos fins de semana.

8. Como equilibras a vida pessoal e profissional?

Equilibro muito bem a vida pessoal e a profissional, aliás essa foi uma das razões para me despedir da empresa onde trabalhava (Jerónimo Martins / Marketing) para ter controlo nos meus horários e maior disponibilidade para as crianças. A maior dificuldade é que muitas pessoas só podem ter as consultas em horário pós-laboral e os eventos são maioritariamente aos fins-de -emana mas, para já, tenho conseguido contornar.

9. Qual a tua parte preferida da semana?

Gosto muito de estar em consulta, poder ouvir ativamente as pessoas e sentir que muitas vezes só com a minha presença e tempo já as estou a ajudar por si só.

10. O que guarda o futuro? / Onde te vês daqui a 5 anos?

O futuro guarda-me muita realização, conexão e felicidade. Daqui a 5 anos vejo-me a dar palestras, a dar cursos, a escrever livros a ter um pod-cast e a inspirar muitas pessoas. Gostava de ter um projeto concreto em escolas, criando um programa e ajudando as escolas a implementarem-no, onde se fale da saúde holística: alimentação saudável, mindful living, técnicas de gestão de stress, selfcare, a importância do sono e técnicas de como dormir melhor, desperdício zero, … ensinar as crianças desde cedo a pararem, a ouvirem as mensagens que o seu corpo lhes envia, a respeitarem-se a si e aos outros e ao planeta, a olharem para as diferentes áreas da sua vida (relações, estudos, casa/família, exercício, espiritualidade, …), a meditarem, … e gostava de trabalhar com empresas. Quero também de ter um projeto de solidariedade em que possa levar estas informações a populações carenciadas aqui ou em África (pessoas carenciadas, jovens mães solteiras, idosos, …).

11. O que achas que a Mafalda criança diria sobre ti agora?

A Mafalda Camarate de Campos criança diria que se sente muito feliz por ver a sua evolução e perceber que o trajeto e as escolhas de vida que fez a levaram a um caminho de maior conexão, equilíbrio, paz, felicidade e respeito por mim, pelos outros e pelo planeta. A aposta no desenvolvimento pessoal foi ganha e ela está muito orgulhosa do lugar onde hoje se encontra e para onde sabe que vai.

12. Se não fizesses o que fazes, o que farias? / Se tivesses de mudar de emprego, ao que é que te gostarias de dedicar?

Voluntariado em África e pintura.

13. Conselhos para quem quer iniciar um negócio.

Conselhos: foco, definir bem o que se quer fazer e para quem. Resiliência, trabalho, dedicação e confiar. O Universo conspira a nosso favor 

With love, Joana Lapa Segue-me no Instagram

Envia-me um email


0 visualização