Let's talk with // Ana, Marosca


1. A Ana é....

[AB]: uma pessoa criativa, sonhadora e positiva! Que procura estar rodeada de pessoas e projetos inspiradores!

​2. Como começa o teu dia?

[AB]: Não tenho nenhuma rotina matinal inspiradora! Ahah.

Sou uma pessoa muito mais matinal e por isso acordo facilmente sem rabugices.

Tento tomar sempre um bom pequeno-almoço e começar o dia com boas energias! Acredito que as manhãs definem sempre o resto do teu dia...

3. Tu és formada em marketing e trabalhas na área. De onde veio a vontade de teres uma marca tua?

[AB]: Apesar de estar na área do marketing, eu vim da área de Artes e sempre gostei muito de pôr as mãos na massa (pintar, desenhar..), criar, dar vida a qualquer coisa. Ao mesmo tempo sempre tive o desejo de ter a minha própria marca. Fui tendo alguma ideias, mas nunca tinha tido a dose de coragem certa para avançar, até que vi neste acessório, a fita para segurar os óculos, uma oportunidade para o reinventar e tornar algo banal em original. Decidi agarrar a ideia e pôr mãos à obra! E tem sabido tão bem...

4. Como surgiu a ideia da Marosca? A Marosca surgiu dessa vontade de ter um projeto meu.

[AB]: Comecei a aperceber-me que para além de adultos, os mais novos começavam a usar e a procurar fitas para óculos, algo que não era tão habitual vermos. Foi aqui que percebi que talvez se estivesse a iniciar uma tendência e fiquei com curiosidade sobre o tipo de produto. Fiz várias pesquisas de mercado e nada de muito original existia. Foi então que decidi diferenciar o acessório, através de um formato novo e original, usando tecidos, cores, padrões e texturas. Tornar uma coisa até então discreta, em algo divertido e que fizesse diferença no look de cada dia, como outro acessório qualquer.

Lancei a marca em outubro de 2016 e o feedback tem sido muito positivo, o que me deixa muito feliz!

5. Para todas as estações crias novas coleções e tentas sempre inovar. Onde te inspiras?

[AB]: Inspiro-me nas pessoas, na natureza e muito no feedback que vou recebendo dos clientes, familia e amigos. Faço também por seguir as tendências atuais. 6. Para uma mulher que tem o seu emprego, e ainda uma marca, quais são os seus maiores desafios?

[AB]: O tempo é sem dúvida o maior desafio. Ambos exigem trabalho, esforço e dedicação, para se chegar aos resultados desejados. O tempo tem que ser gerido da melhor forma. Nem sempre é fácil, mas tudo se consegue e como diz o ditado, quem corre por gosto...

7. O que é que a Marosca já te ensinou?

[AB]: Que não basta termos só uma boa ideia, um projeto a rolar. É preciso cuidar, trabalhar diáriamente, dar-lhe a devida atenção e dedicação para que se vejam os resultados que desejamos alcançar.

8. Qual achas que foi o maior impulsionador de vendas da tua marca? Apareceres nas revistas? As redes sociais? O site?

[AB]: As redes sociais têm ajudado muito, principalmente o Instagram. O site foi lançado recentemente, no entanto muita gente continua encomendar pelo facebook / instagram.

9. Sendo uma marca de acessórios, não os fazes só para mulheres, certo? Que percentagem dos teus clientes são homens?

[AB]: O meu público é maioritariamente feminino e apesar de uma percentagem menor, tenho tido homens a comprarem maroscas. Este tem sido um dos meus maiores desafios e algo que pretendo mudar a curto prazo.

10. Se pudesses REcomeçar, farias alguma coisa diferente? Se sim, o que?

[AB]: Não faria nada diferente. Estou bastante contente com o percurso da Marosca e com todas as coisas boas que me tem trazido, assim como tudo o que tenho aprendido.

11. Onde te vês daqui a 5 anos?

[AB]: Vejo-me uma pessoa realizada, feliz e tranquila em qualquer um dos projetos em que esteja envolvida. É essa harmonia e estabilidade que procuro constantemente para mim tanto a nível pessoal como profissional. Sei que a partir daqui tudo de bom tende a surgir.

Instagram

Site

With love, JL

#mulheresempreendedoras #entrepreuner #female #interview #entrepreunerfemale #inspiration #calledtobecreative #calledtobecreativemombossgraphicdesignerfem #entrevista #organii #produtosbiologicos #entrevistas #jldesign #womenpower

0 visualização