Let's talk with // Vânia, Made by Choices


1. Fala-nos um pouco da Vânia...

[V]: Esta pode ser uma pergunta muito simples ou muito complexa.

Vânia Ribeiro, 32 anos (mas sinto-me bem mais nova). Sou uma pessoa simples. Gosto muito de conhecer pessoas, de poder ajudar e de partilhar o que me faz bem, mas também gosto de estar sozinha e de ter os meus momentos. Sou uma sonhadora. Nunca gostei de trabalhos convencionais, por isso gosto de seguir o que o meu coração deseja. Continuo na minha jornada de auto descoberta.

2. Quando é que começa o teu dia?

[V]:O meu dia começa sempre bem cedo, por volta das 6h00. A primeira coisa que faço é beber um copo de água em jejum. Depois dedico 30 minutos para ler, estar em silêncio e meditar.

Só depois disso vou comer, vou ao ginásio ou começo a preparar o meu dia de trabalho. As primeiras horas do meu dia são fundamentais para mim.

3. Como e quando é que surgiu esta paixão pelo mundo saudável?

[V]: A paixão pelo mundo saudável, surgiu por necessidade. Nem sabia bem o que era isso há uns anos atrás. Começou numa fase complicada da minha vida, mas foi na altura certa. Veio com uma dualidade; ou mudava a minha alimentação e estilo de vida ou ficava tudo na mesma e viria a ter problemas mais graves de saúde.

4. Na cozinha: dois pares de mão ajudam ou atrapalham?

[V]: Depende. Se for para testar receitas prefiro estar sozinha. Mas se for para partilhar, adoro estar acompanhada. E é sempre bom ajuda para arrumar a cozinha ;)

5. O que é que tem que estar sempre no teu frigorífico?

[V]: Vegetais de época, fruta e leite vegetal. Neste momento são os itens que tenho, mas que nunca faltam por lá.

6. O que não pode faltar na tua mesa de cabeceira?

[V]: Um livro e uma garrafa de água. Tenho sempre os dois.

7. Alimentação e estilo de vida: quais foram as grandes lições que aprendeste e como transformaram a tua vida?

[V]: Acho que a maior lição foi mesmo perceber que somos todos diferentes. O que funciona para mim, pode não funcionar para outra pessoa. Aprender a escutar o meu corpo foi e é fundamental neste processo. Por mais que a sociedade nos imponha estilos de vida ou alimentos “saudáveis” tem de fazer sentido para nós. O primeiro passo é perceber quem somos e o que nos faz sentir bem, depois seguir esse caminho independente de modas.

8. Qual é a tua comida preferida?

[V]: Ui, pergunta difícil. Adoro comer, mas principalmente fruta! Figos, pêssegos, melância, banana e podia continuar.

9. O que é que o teu blog te trouxe de melhor?

[V]: Sem dúvida nenhuma poder conhecer as pessoas que estão do outro lado, as partilhas, os momentos que passo com elas, conhecer as suas histórias.

10. O que é que te inspira nesta jornada?

[V]: O que mais me inspira são os outros. Mas acho que no meio de todo este processo/jornada a maior inspiração é poder conhecer-me cada dia mais. Percebi que a vida só faz sentido quando seguimos o nosso coração e o colocamos ao serviço dos outros, sim parece cliché, mas é uma grande verdade.

11.O problema de auto estima é algo que afecta muitas pessoas, nomeadamente mulheres, nos dias de hoje. Conselhos para essas mulheres para serem mais felizes com elas próprias?

[V]: Acho que em primeiro lugar é preciso perceber o que as faz feliz. Nós mulheres vivemos numa época que temos de fazer tudo e acabamos por não ter tempo para nada. Dedicar mais tempo a nós próprias é fundamental. Não dedicamos tempo suficiente para fazer o que nos faz feliz e sentir bem. Outra coisa importante é percebermos que ninguém é igual a ninguém. É muito comum a mulher tentar se comparar com outra, somos mestres nisso. Vamos valorizar mais o que temos de único e esquecer a perfeição. Isso não existe.

12. Partilha connosco quais os teus maiores medos quando decidiste tornar do blog o teu trabalho. E quais as maiores forças?

[V]: O meu maior medo era não conseguir conciliar 2 coisas: o prazer de partilhar o meu conhecimento, aliado retorno financeiro. Ainda estou a descobrir como fazer isso de forma consistente.

A minha maior força é sem dúvida acreditar na qualidade do meu trabalho. Tudo o que partilho está alinhado comigo e sei que tem muito valor e eu acredito nisso.

13. Onde te imaginas daqui a 5 anos?

[V]: Daqui a 5 anos já terei outros projetos realizados com o Made by Choices. Não posso revelar quais pois ainda estão na esfera da intenção/desejo e realização.

Obrigada Vânia pela tua partilha inspiradora.

Instagram

With love, JL

#mulheresempreendedoras #entrepreuner #female #interview #entrepreunerfemale #inspiration #calledtobecreative #calledtobecreativemombossgraphicdesignerfem #entrevista

168 visualizações
COPYRIGHT BY JL&COMPANY 2020